Esta notícias foi vista182vezes!

Mais de 436 mil pessoas foram transportadas de Janeiro até Novembro passado do ano em curso pela CDN (Corredor de Desenvolvimento do Norte) através do comboio de passageiros ligando as províncias de Nampula e Niassa, no norte do país.

Este número é o triplo das pessoas transportadas por comboio de passageiros no ano passado e representa um aumento de 387%, pois, se de Janeiro a Novembro de 2017 foram transportadas 436.449 pessoas, no mesmo período do ano passado tinham sido transportados 112.762 passageiros.

Este incremento é o fruto dos investimentos feitos pela CDN na reabilitação dos troços Cuamba-Lichinga e Cuamba-Entre Lagos que ditou a reabertura daquelas vias ferroviárias e início de circulação dos comboios mistos (passageiro e carga geral) em Novembro de 2016 e Fevereiro de 2017, respectivamente.

“ Estamos convincentes que até no fim de Dezembro vamos transportar acima de 500 mil pessoas nos três troços que operamos, tendo em conta que estamos na época das festividades, momento em que se regista grande movimentação de pessoas’’, – disse, Sérgio Paunde, porta-voz da CDN.

Igualmente, no mesmo período em referência a carga transportada teve um aumento de 70% quando comparando com o ano anterior, ao serem transportados 369.861 toneladas contra 217.337 toneladas do ano passado.

Actualmente, a CDN opera nos troços Nampula-Cuamba, Cuamba-Lichinga e Cuamba-Entre Lagos e durante os 11 meses do ano em curso já realizou 527 comboios dos 586 previstos até finais de Dezembro.