Porto de Nacala inicia uma nova era de capacidade operacional

Entramos numa nova era rumo ao desenvolvimento e aumento de capacidade em operações marítimas no porto de Nacala com a chegada, na manhã do dia 21 de Abril do corrente ano dos dois rebocadores de grande porte contratados pela CDN para atender às manobras de navios no porto.

Foram adquiridas recentemente duas novas embarcações de apoio à operação portuária, constituídos por igual número de modernos rebocadores de navios, de uma tecnologia de ponta e com uma potência de 75 toneladas de tracção e com propulsores que lhes permite operar em 360º centigrados.

No dia 05 de Maio do ano em curso iniciamos a operação deste novo equipamento, distintos dos restantes utilizados nas operações portuárias ao nível do país, o porto de Nacala já possuí capacidade de acolher navios de maior calado e comprimento até pelo menos 170 mil toneladas de carga diversa.

Estas duas novas embarcações modernas, de alta tecnologia e capacidade de reboque, vão potenciar ainda mais as operações marítimas no porto de Nacala e contribuir para o aumento do volume de carga manuseada.

2

“Estes são os rebocadores mais modernos e potentes que o país possui e que podem puxar um navio com cerca de 300 metros de cumprimento, como aquele que vai amarar no porto de Nacala-a-Velha para carregar 170 mil toneladas de carvão a granel, constituindo, deste modo, como o primeiro de grande porte a atracar em Moçambique”, explicou Fábio Frazão, Director do Porto de Nacala.

Este investimento da CDN representa um marco histórico na evolução da história dos portos em Moçambique em virtude de se tratar de um equipamento apenas usado nos portos mais desenvolvidos do mundo.

O porto de Nacala está, assim, a assumir a dianteira na sua modernização que iniciou o ano passado com a entrada em funcionamento da primeira fase da reabilitação do cais norte e em Julho próximo vai iniciar a segunda fase e a CDN como concessionária, está inteirada dos projectos do governo moçambicano que pretendem ser mais competitivos em relação aos outros portos da região”

Os rebocadores, denominados RT Magic e RT Spirit, chegaram à Nacala no passado dia 21 de Abril e somente no dia 5 de Maio corrente entraram em operação e no dia 6 um deles realizou a primeira manobra com um navio de grande porte no porto de carvão de Na-cala-a-Velha com cerca de 300 metros de comprimento que está a carregar 170 mil toneladas de carvão mineral proveniente por via ferroviária de Moatize, em Tete.