Localizado na província de Nampula, distrito de Nacala na zona norte de Moçambique, a sul da Baía do Bengo, possui 60m de profundidade e 800m de largura à entrada, apresenta condições excepcionais de navegabilidade, permitindo o movimento de navios 24h por dia sem restrições de calado ou tamanho (excepto ao longo do cais). É o único porto de águas profundas de Moçambique e o maior em toda a costa oriental de África.

Possui um terminal de carga geral com quatro cais, oito armazéns numa área coberta de 21.000m2 e descoberta de 800.000 m2, um terminal de granéis líquidos ligado a um depósito de combustíveis através de um pipeline com 3.5 km e dois depósitos de óleos vegetais.

As operações funcionam 24h por dia, 7 dias por semana, encerrando apenas no dia 1 de Janeiro. Os serviços de manutenção estão abertos de segunda a sexta-feira das 7h30 às 17h e encerram nos feriados.

– Manuseamento de granéis sólidos e líquidos;

– Armazenamento de mercadorias nacionais e em trânsito;

– Operações de embarque e desembarque de navios;

– Aluguer de espaços;

– Serviços de amarração e desamarração;

– Pilotagem;

– Reboque e

– Atracacao e Desatracacao.

Terminais:

Carga Geral:

 

– 4 cais (manuseamento anual de 2.400.000 ton)
– 4 armazéns (superfície total de 12.050m2)
– Comprimento do cais: 610m
– Calado mínimo: 7,5m / Calado mínimo: 10m

Contentores:

 

– 2 cais (manuseamento anual de 100.000 TEUS)
– Profundidade máxima de 15m na maré baixa
– Comprimento do cais: 372 m
– Armazenamento: 5.722 TEUS

Granéis Líquidos:

 

Recentemente reabilitado.